Naufrágio "MV Dori"

CLASSIFICAÇÃO GERAL 5
DESCRIÇÃO:
ACESSO: Cerca de 40 minutos a partir de Vila Franca do Campo
PROFUNDIDADE: 9m (mín), 21m (máx)
CARACTERÍSTICAS: Naufrágio, Local de Interesse Fotográfico, Fundo de Areia
Ancoras
CLASSIFICAÇÃO
Vida Marinha: 3
Fundo: 5
Dificuldade: 3

A 16 de Janeiro de 1964, um cargueiro afundava a 800 metros da costa, em frente à Igreja de São Roque, na costa Sul da Ilha de S. Miguel. Uma investigação mais aprofundada à história desta embarcação viria a revelar que o cargueiro era afinal, originariamente, o Edwin L Drake, um Liberty-Ship construído durante a segunda Guerra Mundial nos Estados Unidos e um dos poucos navios deste tipo a participar na operação de desembarque das tropas aliadas na Normandia.

Hoje em dia, este cargueiro ainda se encontra no mesmo local, descansando em posição vertical sobre o fundo de areia a 20 metros de profundidade, a poucos minutos da capital dos Açores e proporcionando mergulhos incríveis. Pela sua importância histórico-cultural e para o mergulho, o naufrágio e a área circundante constituem um parque arqueológico subaquático. Todo o mergulho é efectuado à volta da embarcação, cujo topo da Popa se encontra a 9 metros e a proa na parte mais profunda a 20 metros.

A Popa, a Norte, apresenta-se ainda bastante intacta e seguindo para Sul em direcção à Proa entre os destroços, é possível observar algumas divisões intactas bem como uma imensidão de escadas, rolamentos de cabos, grandes tubos e mesmo as caldeiras do navio. Toda esta zona constitui um parque arqueológico subaquático criado para a preservação do navio e a sua vida marinha. Por entre os destroços, observa-se uma abundante vida marinha constituída por espécies comuns dos fundos dos mares dos Açores mas em quantidades surpreendentes. Conheça mais detalhadamente a história do “Dori” aqui. (link para a apresentação)