Baixa das Castanhetas

CLASSIFICAÇÃO GERAL 3
DESCRIÇÃO:
ACESSO: Barco, 15 minutos da Marina de Vila Franca do Campo
PROFUNDIDADE: 12m (mín.), 45m (máx.)
CARACTERÍSTICAS: Mergulho costeiro, com formações de arcos naturais e passagens, excelente para fotografia subaquática. O fundo é misto, areia e pedra.
Ancoras
CLASSIFICAÇÃO
Vida Marinha: 3
Fundo: 3
Dificuldade: 3

A Baixa das Castanhetas situa-se na costa Sul da Ilha de São Miguel, a menos de 500 metros da costa, em frente à zona balnear da Caloura. Este local de mergulho, é talvez um dos locais da ilha que oferece um cenário mais impressionante constituído por escoadas lávicas e tubos de lava que originaram diversas cavernas, túneis e desfiladeiros interligados formando um autêntico labirinto.

No topo da baixa a cerca de 12 metros encontra-se uma caverna com três entradas onde, geralmente, se observa um cardume de enxaréus de grande porte bem como diversos crustáceos escondidos nas fendas. Desta caverna parte um comprido túnel, que desemboca na parede exterior da baixa, ao longo do qual podemos observar dezenas de foliões e pequenos nudibrânquios.

O topo da baixa é bastante grande com profundidades entre os 12 – 18 metros e vários outros pequenos túneis e grutas onde é comum observar meros de grandes dimensões por entre as nuvens de castanhetas-amarelas a que esta baixa deve o seu nome. A baixa cai então para Sul numa parede vertical para profundidades superiores a 45 metros onde para além das espécies referidas se podem observar cardumes de peixes pelágicos e mesmo, no verão, jamantas a nadar tranquilamente no azul.